domingo, 28 de fevereiro de 2010

Putas Resolutas

Vantagem (e uma 'obrigação'), é podermos colocar nestas páginas,  experiências, gostares e descobertas. Os 'pensamentos'?, estão em tudo isso.
O nome deste post de agora vem do blog da LIRIA PORTO,  de onde pesquei esta pérola:

DIABÓLICA
ele é diabético
e ela faz cu doce

(Bom demais!!!!!!) Mas, não termino por aqui... 


'Descobri'  a Lina lá no blog BAR DO BARDO (ai, como bar é bom!), onde Dom Henrique nos provê de rimas e encantos (não achei outra palavra).
Lá, o poeta depositou, na semana passada, esses versos dedicados ao seu casal de poodles:

Polaco
Polaco ou Polaquinho é um senhor,
Um poodle já de idade e meio sério,
Não brinca mas não banca de agressor,
É o sono o que prefere (só é fero
Sem zzz...). Ele se abanca a qualquer canto,
Dali faz seu alegre cemitério
Até que bata o rango, "Me levanto
E espero da ração que tanto quero
No pote de alumínio, com bastante,
Dieta de muitão do bom canino
Com fome de um autleta". Num instante,
De volta a sono e sonho, o meu menino...
Assim é como chamo o meu grão cão:
Polaco, Polaquinho, Polacão.

Anita
Anita é a minha poodle criançola,
Adora brincadeiras e não para,
Direto no portão, ela dispara
À gente que se assusta ao seu isola.

Anita é, como dizem, muito rara,
Simpática sorri quando quer colo;
Me exige petisquinhos, mas enrolo,
E a cara é de "Qual é a tua, cara?!"

É mesmo por demais, uma fofura,
Gracinha do papai, o meu au-au,
Menina que celebra a gostosura

Com a cauda que se abana desigual:
Se chamo sua atenção, me dá uma dura;
Se faço cafuné, é tão legal!

Liria comentou dizendo que também tinha uns versos:

sofreguidão
a minha cadela
pequena vadia
comeu os meus versos
cagou poesia

morrer não morreu
ficou aluada
não morde não late
os olhos na estrada

se vê um cãozinho
faz olhos de arrego
se vê um poeta
a_deus meu sossego

Começaremos pois, aqui, uma semana embalada pelo carinho a alguns 'auaus' que realmente fazem a diferença.

35 comentários:

  1. Meu caro Sylvio.
    A definição de "Diabólica", é fantástica!
    E quanto aos poemas para cachorros, são mais do que merecidos. Bem mais do que para alguns "humanos".
    Lembrei de uma frase de Tennesse Willians em que ele diz: "Uma mulher sabe que está ficando velha, quando sobrevive à todos os seus cachorros".
    Uma boa semana para vc.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela pesquisa inusitada
    Para aqueles que não sabem da importância que tem esses bichinhos
    na vida de quem os tem, basta ler os versos pra entender desse amor.
    sem contar que são versos divertidíssimos
    um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Meu amigo
    Adorei teu texto,muito lindo.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  4. uau, todos são brilhantes! adorei o primeiro e o último :)

    ResponderExcluir


  5. Sylvio, veja lá no http://po--etica.blogspot.com

    este e outros:
    ...
    um dia, Beth,
    adoça-me!
    no outro insulina-me!
    ...

    O Henrique ladra au-aus de poesia!

    Bela homenagem ao mestre BARDO!

    ResponderExcluir
  6. sylvio,


    que começo de semana!

    maravilha de gesto, maravilha de versos!

    um beijo.

    ResponderExcluir
  7. Augusto companheiro
    Pesquisa (sou ex IBGE),é comigo mesmo!
    Versos divertidíssimos? Sem dúvida: de humor refinadíssimos!!

    Abrçs.

    ResponderExcluir
  8. Dama
    Dimais né?
    'Amei'! (com aspas, sou hetero!).
    :)

    Um monte delas pro cê!

    ResponderExcluir
  9. Henrique
    Se soubesse que vinha, tinha colocado a foto antes...
    Abrçs!

    ResponderExcluir
  10. Adriana
    Conjunto da obra?
    Me senti o Robert Altman do Blogguer!

    ResponderExcluir
  11. Betina
    O gesto, foi naturalmente natural; já os versos: naturalmente demais!

    Dois beijos!

    ResponderExcluir
  12. Sylvio, estou envantada com sua participação no blog! A voz masculina deu o tom que faltava, mas suas considerações foram pontuais e tenho certeza que levou muitas a pensar no assunto...

    Obrigada pela participação e pelo blog!

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Li a chamada no blog do Henrique e vim prestigiá-lo. Cá, encontro tantas outras coisas boas. =)

    Valeu a 'viagem'!

    Abraços,
    Lou

    ResponderExcluir
  14. Gente!!!!
    Que foto é essa no perfil! Parece um deus grego, ou troiano, ai santamaria.

    ResponderExcluir
  15. Bom, deixa dizer que tinha visto, lá no Bar, as odes aos quadrúpedes e adorei. Gosto dos quadrúpedes.... às vezes, mais que dos bípedes.

    ResponderExcluir
  16. adorei a o diabolico e a que faz cu doce..


    gosto de cachorro grande... mas foi bem interessante..

    ResponderExcluir
  17. Depois do 25
    Ficar aventada foi..., gratificante!
    Gostei do 'voz masculina'!
    Minhas considerações são sempre conscientes, daí a pontualidade (acho).
    Não sou de pensar muito, uso mais o coração. A mente (que esclareci), vem atrás.
    Agradeço à você: sua presença.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  18. Um trocadilho infame! (rs*) Que já tinha visto em uma piada entitulada "Passageiro Diabético". Achei a homenagem aos auaus, mais interessante, até porque sou apaixonada por cães! ;) Ainda não matei nenhum! Beijus,

    ResponderExcluir
  19. Wall
    Com esse queixo?, e esse olhar de peixe morto????????

    Gosto dos quadrúpedes tanto quanto das espécies aladas.
    Quantos aos bípedes, não sendo quadrúpedes, tudo bem!

    Besos!

    ResponderExcluir
  20. Lou
    Quanto a mim, fiquei admirado com sua poesia!
    Em corações dispostos, tudo se torna bom.
    Minha 'viagem' também!

    Abraços,

    ResponderExcluir
  21. Bia
    Liria, é bem interessante!

    Tamanho num é documento, né? Tá provado!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  22. Luma
    A arte tem isso de bom: como nós humanos: tão iguais..., mas uma novidade a cada olhar!

    Ahhhh... O amor... Quem ama homenageia o ar que respira...!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  23. Sylvio
    A Líria e o Henrique merecem esta bela homenagem, eles são ótimos :)
    bj
    Gi

    ResponderExcluir
  24. Muito obrigada pela visita, sr. Linkar-te-ei, posso?

    ResponderExcluir
  25. À vontade podes ficar!
    Linkarmeie-me de uma vez
    Carmen Martinez!

    ResponderExcluir
  26. concordo com o chico,
    a definiçao de diabólica foi fantástica.
    rachei de rir.
    só vc mesmo pra antes das oito da manhã me fazer rir assim

    ResponderExcluir

Atue! Movimente-se! Se expresse! Nem que seja só comentando aqui!