terça-feira, 6 de setembro de 2011

Um Passeio Virtualmente Real


Essa casa a esquerda meio bege é onde passei uma boa parte de minha vida. Ela era mais aberta, sem este muro pesadão. Tinha uma cerca de madeira, e um pé de uvaia na frente. Foi um arquiteto amigo de meu pai que a construiu. Ele era radiestesista, tinha uma barba meio longa e grisalha, e era meio gordo. Subi muito neste telhado...
É em São Paulo, numa rua que já foi (mais) bucólica.
Passeiem vocês também, é interessante. É só clicar no link abaixo, e digitar o endereço de onde quiserem.

http://www.vpike.com

Abraços.

12 comentários:

  1. Sortudo!! A casa da sua infância já está no "street view". A casa da minha infância, por estar no interior do interior, vai demorar muito para aparecer.
    Cerca baixa e pé de uvas. Bons tempos!

    ResponderExcluir
  2. É interessante a casa da gente aparecer!

    'Cerca baixa e pé de uvas. Bons tempos!'
    As coisas mudam né?
    Faz parte da condição material essas mudanças: os átomos nunca estão na mesma posição (embora tudo que eles formam pareça parado).

    ResponderExcluir
  3. ...parte da vida
    pelo visto
    muito bem passada...

    aql abç

    ResponderExcluir
  4. Nem tanto Guru...

    Nesse 'muito bem' entram muitas coisas que não foram boas nem agradáveis. No geral minha vida nesta casa teve um peso considerável; tudo rolou como rola a vida de um cara, da infância a adolescência.
    Nela vivi pois, até ser expulso aos 18 anos.

    Abração brother!

    ResponderExcluir
  5. Muito legal, Sylvio!

    Morei em tantos estados, quase sempre em colégios. Fui interna aos quatro aninhos. Aos nove comecei a surrupiar a biblioteca das freiras de madrugada.

    Onde vivi mais tempo foi em Copacabana mesmo.

    Beijos

    Mirze

    ResponderExcluir

Atue! Movimente-se! Se expresse! Nem que seja só comentando aqui!