quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

A Mulinha.

Um doutor sai de sua cidade natal pra fazer um trabalho em um acampamento de mineiros.
Quando ele chega lá percebe que, sexualmente, tinha entrado numa fria. 
Seis meses se passaram, e o médico muito afim de fazer sexo; só que: sem chance! Então ele pergunta para um de seus clientes:
- Como vcs fazem pra dar uma transadinha básica??
O cliente responde:
- Ah doutor tem uma mulinha lá atrás da moita, se o sinhô quisé eu mostro onde é!
- Não, obrigado! Diz o doutor.
Mais seis meses se passam, e o médico: subindo pelas paredes. Aí  ele lembrou da mulinha e pensou:   
- 'Ninguém vai ficar sabendo mesmo'...
Chegando lá, uma fila de uns trinta homens... Quando viram o doutor falaram, solícitos:
- Vamos deixar o doutor passar, por cortesia!
O doutor chegou na mulinha já desabotoando as calças, e traçou a infiliz... Na frente do povo!
No meio do rala e rola, o conhecido dele chegou e disse:
- Doutor, num carece disso..., a mulinha é só pra atravessá o rio,  a zona tá do outro lado...!

14 comentários:

  1. ahahahahah! Adoro suas piadas elas me fazem rir logo pela manhã!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    rapaz, que tristezaaaaaaaaaa

    besos

    ResponderExcluir
  3. Dama
    AL.
    JaqueF
    André
    Helô

    Que bom que gostaram! Essa realmente é boa!

    ResponderExcluir
  4. Coice no doutor.

    A piada é ótima mas sabe que tenho mesmo, 1 vizinho que abusa da cadela?
    Detalhe: o sujeito é rico, bonito, tem mulher ( ela é que não tem ele), é coronel e vive na política daqui.
    Todos na rua sabem e alguns já viram.
    No quintal.
    Doença isso.

    Não sou fofoqueira não ( antes que vocês pensem que essas coisas são práticas do interior apenas).
    Tem bicho prá tudo né? No caso o animal é o tal homem.
    Humanóide.

    ResponderExcluir
  5. Ahahahah!

    É o problema da falta de comunicação...

    :D

    ResponderExcluir
  6. Bha
    Esse negócio de minino do Interior Comer bicho é mais velho que andar pra trás. Hoje, é claro as coisas mudaram. Mas ainda rola.
    No caso do demente aí, é doença. Sem chance!

    Abrçs!

    ResponderExcluir
  7. UHAuhaa, confesso que já conhecia a piada, mas lê-la foi um barato. Dr. estava necessitado, hein?

    Charlie B.

    ResponderExcluir

Atue! Movimente-se! Se expresse! Nem que seja só comentando aqui!