sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Carinho, Afeição, Amizade e Consideração.

São os sentimentos que encontro, com mais frequência, nas pessoas que blogam. Sentimentos básicos para se aproveitar-se bem o ambiente.
Têm outros, mas entram no âmbito das qualidades: inteligência, fluência, respeito, conhecimento.
Valorizo muito os primeiros: carinho, afeição, etc... Para se usufruir deles tem que haver certa abertura de espírito. Em maior ou menor grau todos a temos, senão regrediríamos, e isso é impossível, em todos os sentidos. Mesmo com Alzheimer, mesmo perdidos os sentidos, a vida continua sendo uma caminhada.
Usando, minhas prerrogativas naturais, bolei um selinho bem jóia. Esse aí do lado.
Através de um post no blog da Wall, entrei para esta comunidade: a dos escritores que blogam. Apresentei-me, e dei meu pitaco. Ela respondeu, e eu gostei da resposta. Já tinham me dito que me expressava bem ( já tinha reparado).
Juntando a fome (que já sentia), com a vontade de comer (que era razoável), inventei um bloguitcho. Dei um nome que envolve uma improvável ternura da mente, influenciada por uma real ternura de alma. A mente é a mente, não há ternura nela, é a morada da Razão. Tanto que ela não consegue avaliar o Eterno, mas, apenas, montar um esquema que o explique. Mas ela faz parte de nossa Trindade. Sem ela não seríamos uno. Não de maneira completa. Pois bem, dado o nome, parti pro assunto: não tinha nenhum. Inventei uma ‘inaugurada’ básica e parti pra briga.
Cheguei até aqui.
Pela honestidade com que me coloco, e pelo envolvimento e animação com que me entreguei à essa atividade, considero-me apto a inventar um selo. Pra quem?
Para a primeira blogueira que avistei nestas paragens: a Wall.
Ela tem o costume de nos chamar de ‘gente fina’, que é o que somos sem dúvida. É um termo que o pessoal de 40, 50 anos conhece bem. Foi inventado na minha geração. Este é o nome do selówisk: Gente Fina.
E a imagem? Sou um cara antenado, que adora um desenho. Admiro quem os inventa. Tinha em mente um carinha que personifica a idéia do michelo, do amigo que tá ali, sempre, dando a maior força. Fiz então o que qualquer homem inteligente faria: pedi ajuda a uma mulher (puxo o saco demais desse povo, rs), pra dar vida à homenagem: falei com minha filha.
Perguntei a ela como era o nome daquele personagem d’Os Monstros. Ela me disse:
- Mike.
- É esse que eu gostaria de colocar na minha homenagem!
Ela fez o resto: achou a imagem que eu queria, escreveu as palavras que eu tinha em mente (recebi num email), e pronto!
Então é isso. Estou oferecendo este selo..., à Wall. É dela.
Caso ela queira brindar outras pessoas com ele, terá, claro, toda liberdade. Amiga, é pra essas coisas: dar selo e consideração, a quem queira e valorize.
Passo a bola pra Wall; e pra vocês, meus queridos e minhas queridas que talvez queiram comentar estas humildinhas palavrinhas. 

10 comentários:

  1. Sylvio, eu sou suspeita, gosto muito do que vc escreve, leio tudo, vc sabe. Acredito que vc desceu às profundezas da alma, e voltou cheio de sabedoria.
    O selo é uma graça, a minha cara, só que eu uso óculos e meu cabelo é mais comprido, rsrsrs.
    Me enternece a mente, mesmo que a a mente minta, sempre pinta um sentimento que a mente transmuta e faz semente.
    òia que vc já me inspirou!

    ResponderExcluir
  2. Realmente ela merece ..gente da mais fina estirpe!!

    e o selinho..Show!

    Beijos
    yasmin

    ResponderExcluir
  3. Impossível buscar escrever sempre de maneira especial. É uma busca, só.
    Ideal é colocar as coisas para funcionarem dentro da gente, fincar o pé na real, e comentar algo que se sente, ou que se sentiu, nesta situação de realidade. É o caminho que venho trilhando.
    Estar antenada como vc está, ter a experiência que vc tem (em jornalismo), só nos beneficia. Sua escrita sempre surprende, as vezes pela sensibilidade em si, as vezes pela curiosidade de encontrar notícias e opniões (suas ou da mpidia), para nos mostrar. Em tudo tem seu toque atual, fresco, arejado.
    Brincadeiras deixam a gente contente, todos nós.
    Bem, o sentimento suaviza tudo, né. A mente vai no rolo...

    ResponderExcluir
  4. "...gente da mais fina estirpe!!"
    vindo e ouvindo de uma mulher, todas as palavras adquirem uma coloração 'muito dimais'!!!!!
    Gosto muito de ver/ouvir vcs falando; as palavras saem mais..., afinadas: no humor, na emoção, na direção. Sei lá.
    Concordo com vc.

    Legal o selówisky né???

    Aceito-os só se puder retibuir, Yasmin. :)

    ResponderExcluir
  5. Realmente merecido, maravilha...rs
    Sylvio hei de concordar que nossa amiga aí de certa forma nos contagia com seus escritos, eu mesma que um dia disse à ela que não conseguia muito blogar, comecei a colocar minhas palavrinhas no blog, tá certo que não sou Clarice Lispector, mas dá uma boa panelinha de Banho maria...rsrs

    Muito legal isso, você realmente(como já disse anteriormente) escreve muito bem, sem muita cerimônia tuas palavras são reflexitivas pra quem realmente lê,não apenas passar o olhos... fazem muitas vezes parte do dia à dia de muita gente aqui...eu leio, absorvo, e o que é bom pra mim eu levo pra casa...rs

    Feliz por isso, pelo selo, e pela homenagem merecida...

    Bjo...bom feriado!

    ResponderExcluir
  6. Andrea, muita gente por aqui escreve como a Clarice, o que não é de se espantar, muitas de vcs foram ávidas leitoras dela, muitas de vcs sentem o que ela sentiu.
    fico contente por ter vcs como leitorinhas... Ás vezes nem sei o que vai dar, até onde vou. Na verdade, não pretendo parar...
    Bjs querida.

    ResponderExcluir
  7. estou achando tudo ótimo... recém comecei a ler você e a Wall, mas já tô assídua na parada :))
    beijos aos dois

    ResponderExcluir
  8. Meninas, assim não dá. O Sylvio já tá se achando. A mulherada mais cabeça e cabeça fresca da Net, Cosmunicando, Yasmin e Andreia, puts, não é pra qqr nego não.

    Meninas, obrigada por me acharem merecedora do selo gentefina. No final, ou a gente é ou não é. E, em vocês, eu sinto que se não sou, estou em vias de ser uma gentefina mesmo. Evolução minha gente. Fina claro!

    ResponderExcluir
  9. ai.... Se achar é tão bommmm!

    Pois é Wall, nós e as meninas te achamos. O must!

    ResponderExcluir

Atue! Movimente-se! Se expresse! Nem que seja só comentando aqui!